Não existem fronteiras quando querem nos vender chips, roupa de cama, todos os direitos de Big Brother, facas, blusas, limões, drones, cabos, aviões.
Não existem fronteiras quando uma fala do presidente americano, da rainha da Inglaterra ou um jogo da copa do mundo consegue alterar o valor que é dado para a moeda brasileira.
Não existem fronteiras quando querem cuidar da Floresta Amazônica, dizer que não somos bons os suficiente para nada.
Não existem fronteiras quando ligo a internet e meus dados são passados para o mundo inteiro, ainda que eu dê unsubscribe em todas as listas, sigo sendo assediada.
Não há fronteiras para a ciência, que graças a Deus, é universal, assim como a lista de doadores de medula óssea é ou deveria ser.
Não existem fronteiras para o plástico, o lixo hospitalar, o veneno que vai parar nos oceanos e mata os peixes do mundo inteiro.
Todos nós estamos pagando a conta das guerras no mundo, das irresponsabilidades de todos os governos, da destruição do planeta. Não há fronteiras para as dívidas.
Só existem fronteiras para humanos que nasceram do lado errado do muro.

Foto: Daniel Etter

fotoDanielEtter

(texto e foto republicados por Mídia Ninja em Junho 2018, mais de 2300 compartilhamentos)